sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Receita Fit - Picolé de manga e morango

Receitas desenvolvidas especialmente para pacientes que fizeram cirurgia bariátrica ou colocaram balão intragástrico.

Ótima opção para matar o calor no verão!


Ingredientes

1 manga grande, madura (tipo Palmer) 
4 colheres (sopa) de leite em pó desnatado 
1 xícara (chá) de leite desnatado 
2 colheres (sopa) de suco de limão 
3 colheres (sopa) de gengibre ralado 
4 morangos cortados em lâminas

Modo de Preparo

No liquidificador, bata a manga até obter um purê. Em seguida, acrescente o leite em pó dissolvido no leite, o suco de limão e o gengibre. Bata até incorporar todos os ingredientes ao purê de manga. Desligue o aparelho e junte o morango com cuidado. Distribua a mistura em forminhas de picolé. Leve ao congelador para endurecer. Retire 5 minutos antes de desenformar e sirva em seguida.

Rendimento: 3 porções
Calorias por porção: 125 kcal


Nutrição para emagrecimento adulto e infantil, balão gástrico e cirurgia bariátrica.
Autor do livro "O Balão que Emagrece"


Consultório
Avenida Paulista , 1636, conj. 810, São Paulo, SP.
Contato: 11 2348-4310 
 

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Por que se consultar com um nutricionista especializado após aplicação de Plasma de Argônio?


Em média, 30% das pessoas que se submeteram a cirurgia bariátrica voltam a engordar. Este reganho de peso está relacionado a falta de mudança de hábitos alimentares. Após a cirurgia, o paciente recebe indicações de um nutricionista, mas, muitas vezes, não há uma interação muito boa entre ambos e fica mais árduo do operado seguir as orientações dietéticas.

Uma saída para perder peso é o Plasma de Argônio, que consiste em uma queimadura — feita através de endoscopia — na anastomose do novo estômago. Um processo simples, rápido e seguro.

ilustração que representa a cirurgia de plasma de argônio, com a redução da anastomose do novo estômago

Após a realização do procedimento é de extrema importância passar por um nutricionista especialista para que ele prescreva uma dieta bem definida, para evitar riscos e efeitos colaterais desse tratamento.

Primeiramente é necessário elaborar uma dieta um pouco mais líquida, para que facilite o processo de cicatrização. Nesta fase, há a necessidade de uma ingestão proteica completa, por esta razão, fazemos o uso de suplementação. Durante este período há uma perda de peso considerável, em média de 5 a 10% do seu peso inicial.

Depois das primeiras semanas, a dieta evolui para a fase pastosa e, em torno de 3 a 4 semanas de procedimento, a dieta retorna para os alimentos de consistência normal.

Quando o paciente retoma a alimentação de consistência normal, é imprescindível que a dieta seja elaborada em conjunto com o nutricionista, com a individualização a prescrição, para que não haja nenhuma falha na perda de peso e alcançar a retomada do peso. Como haverá gratificação e bastante saciedade, é possível adaptar uma dieta próxima de mil calorias.

Quem define se há a necessidade de uma nova aplicação do plasma é o nutricionista, junto ao paciente. Pois é o profissional que vai notar se a alimentação neste período está sendo mais calórica e, mesmo assim, o paciente não sente mais tanta saciedade.

A quantidade de aplicações varia de acordo com a facilidade que cada paciente tem em alterar novamente seus hábitos alimentares. Em média, no consultório, fazemos duas aplicações, que são suficientes para o paciente perder o peso que reganhou após a cirurgia bariátrica. Porém, já houveram casos em que em uma aplicação o paciente teve sucesso total na perda de peso, assim como já tivemos pacientes que precisou fazer 3 aplicações, por causa de suas dificuldades na mudança de seus hábitos alimentares.

O importante é sempre consultar um nutricionista especializado, que vai prescrever a dieta conforme as necessidades do paciente, levando em conta suas preferencias alimentares e orientá-lo no caso de novas aplicações de Plasma de Argônio.


Nutrição para emagrecimento adulto e infantil, balão gástrico e cirurgia bariátrica.
Autor do livro "O Balão que Emagrece"


Consultório
Avenida Paulista , 1636, conj. 810, São Paulo, SP.
Contato: 11 2348-4310 
 

Todo paciente precisa de suplementação após a colocação de Balão Intragástrico?

Foto de diversos comprimidos e capsulas de vitaminas e suplementos nutricionais
foto: pixabay

A maioria dos pacientes necessitam de complexos vitamínicos e de minerais, porque a dieta orientada ao balonado é extremamente restrita em calorias, consequentemente, há a diminuição do consumo de vitaminas e minerais. Por esta razão, é orientado que usem complementos nutricionais. Em alguns casos também é necessário fazer a suplementação proteica.

Para que a dieta seja rica em nutrientes e o paciente diminua o consumo de suplementos pós-balão intragástrico, o nutricionista deve acompanhar de perto e estar sempre presente, para discutir com o paciente sua alimentação e personalizar a prescrição.

A dieta do balão intragástrico deve ser montada em conjunto, em que o nutricionista leve em consideração as escolhas do paciente, bem como suas preferencias e adapta-la para que seja rica em proteínas, minerais, vitaminas e ainda de baixa caloria.

Para que a perda de peso seja mais eficiente é necessário individualizar a prescrição dietética, assim o paciente consegue ter saciedade e autocontrole alimentar.

Nutrição para emagrecimento adulto e infantil, balão gástrico e cirurgia bariátrica.
Autor do livro "O Balão que Emagrece"

Consultório
Avenida Paulista , 1636, conj. 810, São Paulo, SP.
Contato: 11 2348-4310
 

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

4 informações que todo paciente precisa saber sobre o pré-operatório de Cirurgia Bariátrica

Quando um paciente recorre a Cirurgia Bariátrica, este já é seu último recurso em busca do bem-estar e de um corpo mais saudável, livre dos todos os males que a obesidade causa.

Porém, após a liberação médica para a realização da cirurgia, o paciente precisa estar ciente de alguns fatos que são de extrema importância no pré-operatório e tornam a cirurgia um sucesso e o pós-operatório menos traumático.

Separamos as 4 informações que o paciente precisa saber sobre o pré-operatório de uma Cirurgia Bariátrica.

Veja abaixo:


1- Mudança Alimentar
O processo de reeducação e mudança de hábitos alimentares não se iniciam logo após a cirurgia, como muitos pensam. É preciso que o paciente perca peso no pré-operatório para que diminua significantemente o risco da cirurgia. A redução de peso melhora o perfil da pressão arterial, da diabetes, diminui o tamanho do fígado, melhorando o tempo de cirurgia e que facilita (e muito!)  na recuperação pós-operatória. E a melhor forma de perder peso é ter um alimentação de boa qualidade acompanhada de um nutricionista especializado.

2- Apoio Familiar
A obesidade é uma doença crônica, portanto não basta apenas “força de vontade” para conseguir se livrar das tentações alimentares pós-cirúrgicas. Para que um paciente obtenha sucesso na execução da sua dieta e na alteração do seu perfil alimentar, a família precisa estar ciente de que haverá uma mudança coletiva e não somente o paciente. A alteração alimentar vai modificar a rotina de toda a casa e a família precisa ajudar neste processo. Portanto, ocasionalmente, é necessário um acompanhamento psicológico para auxiliar a família no cotidiano. 

3- Suplementação
Não é por se tratar de um paciente obeso, que ele não irá apresentar deficiência vitamínica. Portanto, para suprir esta falta de vitaminas, além de melhorar a qualidade da alimentação como citamos acima, o paciente fará a ingestão de suplementos vitamínicos para estar com todas as taxas em ordem no dia na cirurgia.

4- Alertar sobre o pós-operatório
O pós-operatório é sempre uma mistura de sentimentos: a felicidade por ter finalmente se operado, com a angústia de ter que mudar completamente a sua alimentação. O paciente precisa estar ciente que, logo após a cirurgia, ele passará por duas semanas de dieta líquida, que é de extrema importância pois, se feita da forma errada, atrapalha o processo de cicatrização cirúrgica. A volta da ingestão de alimentos sólidos normalmente é por volta de um mês após a operação. Durante esse processo é indispensável que o paciente saiba que o volume das refeições serão reduzidos e que deverá mastigar muito bem os alimentos.

Tendo estas 4 questões esclarecidas pelo nutricionista, o paciente vai para a cirurgia mais orientado, ciente exatamente dos esforços que ele terá que realizar após a tão sonhada cirurgia. O acompanhamento de um nutricionista especializado é essencial para o sucesso da operação, portanto busque sempre um profissional capacitado para não ter problemas futuros.

Dr. Gabriel Cairo Nunes
Nutrição para emagrecimento adulto e infantil, balão gástrico e cirurgia bariátrica.
Autor do livro "O Balão que Emagrece"

Consultório
Avenida Paulista , 1636, conj. 810, São Paulo, SP. 
Contato: 11 2348-4310
WhatsApp: 11 96435-4350 

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

A importância do Café da Manhã


O Dr. Gabriel Cairo Nunes responde as perguntas mais frequentes a respeito do café da manhã. Veja abaixo o nosso bate-papo:

Blog: Dizem que o café da manhã é a refeição mais importante do dia. Isso de fato é verdade? Por quê?
Dr. Gabriel: Sim. O café da manhã ou desjejum é responsável por quebrar o jejum involuntário mantido durante o período do sono. A recomendação brasileira é de que esta refeição garanta em média 25% do valor energético diário.

B: Quais os benefícios de tomar um café da manhã equilibrado?
Dr. G.: Estudos sugerem que o café da manhã tenha efeitos positivos na saúde ao longo do dia, como aumento da saciedade, menor consumo de calorias, melhor controle da glicemia e menor risco de ganho de peso e gordura visceral. Em pessoas com diabetes do tipo 2 o consumo do café da manhã equilibrado pode ser uma estratégia para controlar a hiperglicemia após as refeições.

B: Esses benefícios são diferentes para crianças, adultos e idosos?
Dr. G.: Os benefícios desta refeição matinal, que proporciona uma maior ingestão de vitaminas e minerais e menor ingestão de gorduras e colesterol ocorrem para todos os indivíduos. Contudo em crianças o consumo do café da manhã esta associado ao melhor rendimento escolar, em adultos o café da manhã esta associado ao menor consumo de lanches com alto valor de calorias e gorduras e o consumo do desjejum contribui para o consumo adequado de cálcio, importante para pessoas idosas que tendem a ter uma deficiência deste mineral. 

B: Pessoas que pulam o café da manhã podem enfrentar que tipos de problemas ao longo do dia?
Dr. G.: . A ausência do café da manhã esta associada a um consumo energético diário mais elevado, consumo de menor quantidade de vitaminas e minerais, menor saciedade, além de muitos estudos associarem a ausência do café da manhã com maior prevalência de sobrepeso e obesidade.

B: No entanto, tomar um café da manhã com desequilíbrio nutricional pode ser mais prejudicial do que pular essa refeição?
Dr. G.:  É importante que esta refeição seja equilibrada, caso o café da manhã seja realizado de maneira desequilibrada, pode gerar problemas semelhantes aos que ocorrem com a ausência do consumo desta refeição.

B: Mas o que seria um café da manhã desequilibrado nutricionalmente?
Dr. G.: . Um café da manhã desequilibrado seria aquele que não contenha quantidades adequadas de cereal, fruta e leite ou derivados. Lembrando que as quantidades variam de pessoa para pessoa e não existe um valor geral para todos. 

B: Tomar apenas um copo de leite ou um copo de café pode ser considerado um café da manhã?
Dr. G.:  Não esta seria considerada uma refeição inadequada, pela ausência dos demais alimentos recomendados para esta refeição.

B: Comer logo cedo é importante para ter energia ao longo do dia todo?
Dr. G.:  Sim. O café da manhã auxilia na manutenção de energia e saciedade ao longo do dia. 

B: O ideal é comer em até quanto tempo após acordar?
Dr. G.:  O ideal é que o café da manhã aconteça logo após acordar, para que o jejum que ocorreu durante o período de sono seja quebrado e que o corpo tenha energia para realizar as tarefas do dia. 

B: Um estudo recente mostrou que o consumo maior de proteínas no café da manhã ajuda a reduzir a quantidade de calorias consumidas ao longo do dia. Por que esse efeito ocorre?
Dr. G.: O consumo das proteínas e dos outros nutrientes presentes no café da manhã auxilia na manutenção da saciedade ao longo do dia, ou seja, a pessoa não irá sentir tanta fome, e por este motivo as chances de exagero no consumo de calorias é menor.

B: De qualquer forma, pessoas que tem o hábito de tomar café da manhã conseguem controlar o peso melhor? Por quê?
Dr. G.:  Se o café da manhã for realizado de forma adequada e equilibrada existe sim um melhor controle de peso, pois com ele garantimos um adequado consumo de nutrientes e a chance de realizar excessos ao longo do dia é menor.

B: Estudos mostram que pessoas que tomam café da manhã também tem melhores níveis de glicose e colesterol. É verdade? Se sim, qual a relação?
Dr. G.:  Sim, é verdade. Isto ocorre porque no café da manhã principalmente com o consumo de cereais integrais e frutas existe um elevado consumo de fibras, que são importantes no controle da glicemia, do colesterol e da saciedade, além os estudos apontam que pessoas que pulam o café da manhã tendem a trocar esta refeição por snacks que geralmente possuem quantidades elevadas de açúcar e gordura. 

B: O café da manhã também é responsável por deixar as pessoas mais energizadas ao longo do dia? Por quê?
Dr. G.:  Sim. Porque no café da manhã consumimos uma quantidade importante de nutrientes que são imprescindíveis ao longo do dia, como carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais. 

B: As outras refeições de quem toma café da manhã costumam a ser mais equilibradas em nutrientes e quantidade de porções? Por quê?
Dr. G.: Sim. Se o café da manhã foi realizado de forma equilibrada, a pessoa tende a não ter tanta fome para a próxima refeição e assim consegue fazer escolhas mais adequadas para sua alimentação.

B: Como deve ser a distribuição dos macronutrientes no café da manhã, já que ele é a primeira refeição do dia?
Dr. G.: Cada indivíduo possui uma quantidade ideal de consumo de cada nutriente. No Brasil as recomendações, pela pirâmide alimentar, de consumo ao longo do dia são de 3 porções de leite ou derivados, de 3 a 5 frutas e o consumo de cereais integrais em todas as refeições. 

B: E quais os melhores alimentos de cada grupo alimentar devem ser consumidos nesse horário?
Dr. G.:  No café da manhã é importante que exista o consumo de uma porção de leite ou derivados magros, uma fruta e preferencialmente de cereais integrais. 

B: Quais dicas ajudam pessoas que não sentem fome de manhã a tomarem seu café da manhã?
Dr. G.: É importante lembrar que esta refeição irá fornecer energia para iniciar o dia e quebrar o jejum, além disto, dicas como não realizar a última refeição do dia anterior muito tarde e não fazer “beliscos” depois do jantar, ter horários para realizar as refeições também são validas.  Se o problema for a grande quantidade de alimentos, uma dica é tomar uma vitamina com leite, fruta e cereal, porque o volume é menor, mas todos os nutrientes estão presentes.


Dr. Gabriel Cairo Nunes
Nutrição para emagrecimento adulto e infantil, balão gástrico e cirurgia bariátrica.
Autor do livro "O Balão que Emagrece"

Consultório
Avenida Paulista , 1636, conj. 810, São Paulo, SP. 
Contato: 11 2348-4310
WhatsApp: 11 96435-4350 

DISBIOSE, VOCE SABE O QUE É ?







Flora intestinal é o conjunto de microrganismos que vivem no trato digestivo e que tem funções como: proteção contra patógenos; estimular o crescimento celular; a digestão de substratos. Além disto, as bactérias intestinais também participam da síntese de vitamina B, da vitamina K e de ácidos biliares.
Em algumas situações como má alimentação, estresse, uso abusivo de álcool e cigarro, aumento do pH gástrico e uso indiscriminado de fármacos (antibióticos, anti-inflamatórios e antiácidos), pode ocorrer uma alteração na quantidade e/ou qualidade da população bacteriana do intestino.
Esse desequilíbrio da flora intestinal é conhecido como disbiose, e pode levar à diminuição de vitaminas no organismo, inativação de enzimas digestivas – o que prejudica a digestão -, comprometimento da absorção de lipídeos, síntese de promotores de neoplasias e destruição da mucosa intestinal, causando uma hipersensibilidade no intestino. Complicações que podem ocorrer por conta da disbiose são: doença inflamatória intestinal, síndrome do intestino irritável, doença celíaca, obesidade, diabetes e complicações metabólicas.

Assim, manter o bom funcionamento do intestino, com uma alimentação balanceada, além da prática de atividade física e de uma vida saudável pode prevenir a disbiose e suas complicações.

Dr. Gabriel Cairo Nunes
Nutrição para emagrecimento adulto e infantil, balão gástrico e cirurgia bariátrica.
Autor do livro "O balão que Emagreçe"

Consultório
Av. Paulista , 1636, conj 810. (Ao lado do Masp)
Tel ( 11 ) 2348-4310
Whats app +55 11 96435-4350 

Dieta que substitui o uso de suplementos alimentares.

 Os suplementos alimentares se tornaram mais populares no Brasil com o aumento da busca por atividades físicas. De 2012 para 2013, o consumo dessa suplementação foi de 23%, segundo a Abenutri (Associação Brasileira das Empresas de Produtos Nutricionais), e a média só aumenta. A sua utilização serve para complementar a alimentação com nutrientes importantes que não foram bem absorvidos durante a refeição ou se perderam (ou não são suficientes) nos exercícios físicos. Também podem ser usados para suprir a falta de apetite e a alimentação inadequada.

O que poucas pessoas sabem é que o consumo desmedido e sem acompanhamento especializado pode causar danos à saúde, por conta dos ingredientes na fórmula. Para evitar um novo problema, uma alternativa é adotar uma dieta condizente com o corpo e dia a dia de cada um. Vamos então criar um cardápio semanal para aqueles que querem ganhar massa e para os que querem perder peso, com opções variadas para antes, durante e depois do exercício físico.

 Considerando homens e mulheres, com idade entre 30 e 40 anos, que desejam apenas perder gordura corporal, com pouco ganho de massa magra. Com uma rotina de exercícios de 1 hora e meia, 3 vezes por semana.
Como o intuito neste caso é o emagrecimento, precisamos levar em conta que o balanço energético deverá ser negativo, e por este motivo é preciso levar em consideração o consumo de calorias via suplemento ou alimento.
Levando estas informações em conta, o indivíduo deveria consumir um suplemento de carboidrato de rápida absorção, para que tenha energia durante a prática da atividade física, como a dextrose ou maltodextrina. Porém este suplemento pode ser substituído por um alimento, e no decorrer do treino –depois de 1 hora – pode ser consumida uma fruta, um lanche leve, fruta seca ou barra de cereal de qualidade.

O suplemento ou alimento consumido durante a atividade física pode ser o mesmo tanto para homens, como para mulheres, porém a quantidade difere de pessoa para pessoa, pois cada um necessita de porções específicas, por isso a importância do planejamento alimentar em conjunto com um nutricionista.
A seguir são listados os principais alimentos ou grupos de alimentos que devem ser consumidos em cada refeição, lembrando que as quantidades são específicas para cada pessoa, não existe um valor geral para todos.
Café da Manhã
Leite desnatado ou derivado desnatado (queijo, iogurte, requeijão)
Fruta
Carboidrato Integral (pão, biscoito, tapioca, bolo, torrada)
Lanche da Manhã
Fruta ou suco de fruta natural sem açúcar
Almoço
Carboidrato (arroz integral, macarrão integral, batata, mandioquinha)
Leguminosa (feijão, lentilha, grão-de-bico)
Proteína – preferencialmente assada ou cozida (carne vermelha magra, frango, peixe, ovo)
Folha (couve, espinafre, alface, rúcula, agrião)
Legume (cenoura, beterraba, tomate, abobrinha)
Lanche da Tarde
Leite desnatado ou derivado desnatado (queijo, iogurte, requeijão)
Fruta
Carboidrato Integral (pão, biscoito, tapioca, bolo, torrada)
Jantar
Carboidrato (arroz integral, macarrão integral, batata, mandioquinha)
Leguminosa (feijão, lentilha, grão-de-bico)
Proteína – preferencialmente assada ou cozida (carne vermelha magra, frango, peixe, ovo)
Folha (couve, espinafre, alface, rúcula, agrião)
Legume (cenoura, beterraba, tomate, abobrinha)
Ceia
Leite desnatado ou derivado desnatado (queijo, iogurte)


Estes alimentos devem ser consumidos, pois atuam em nosso organismo com diferentes funções:
·    o leite e seus derivados são importantes fontes de cálcio, que ajudam na saúde óssea;
·      as frutas, legumes e folhas nos proporcionam vitaminas e minerais importantes para manutenção de diversas funções do organismo, ajudam na imunidade, além de possuírem fibras que geram maior saciedade, atuam no bom funcionamento do intestino e no controle do colesterol e diabete;
·       os carboidratos são a nossa maior fonte de energia, e os integrais possuem maior teor de fibras e
·       as proteínas são as responsáveis pela manutenção de nossa massa magra, além de serem fontes de aminoácidos essenciais para nossa sobrevivência.

v Considerando, agora, homens e mulheres com idade entre 30 e 40 anos que desejam perder gordura corporal e ganhar massa magra. Com uma rotina de exercícios de 1 hora e meia, 3 vezes por semana.
Neste caso é importante lembrarmos que para que ocorra ganho de massa magra deve ocorre um balanço calórico positivo, sendo que o principal macronutriente do plano alimentar será a proteína.
O suplemento que possui maior quantidade de estudos favoráveis ao aumento de massa magra, com auxilio na diminuição do peso é o Whey Protein, estudos mostram que em uma dieta com restrição calórica o uso deste suplemento resultou em maiores perdas de peso e gordura corporais com atenuação importante nas reduções de massa magra e taxa metabólica basal.
No entanto, a suplementação só deve ocorrer caso o consumo de proteínas do indivíduo seja inadequada, por isso a importância de consultar um nutricionista antes de iniciar qualquer suplementarão.

As maiores fontes de proteínas são as carnes vermelhas, o frango, o peixe, o ovo e o leite, porém vegetarianos podem consumir proteínas derivadas da soja e feijão, por exemplo. Estes alimentos devem ser consumidos ao longo do dia, sendo importante o consumo de alguma fonte proteica em até duas horas depois do treino.
A quantidade a ser ingerida de cada alimento é diferente para cada pessoa, por isso é importante seguir um plano alimentar elaborado em conjunto com um nutricionista.
Os alimentos a serem consumidos ao longo do dia não variam quando comparados com uma dieta para perda de peso, somente deve-se estabelecer um plano adequado do consumo e distribuição de proteínas ao longo do dia.
Café da Manhã
Leite desnatado ou derivado desnatado (queijo, iogurte, requeijão)
Fruta
Carboidrato Integral (pão, biscoito, tapioca, bolo, torrada)
Lanche da Manhã
Fruta com leite desnatado ou derivado desnatado (iogurte)
Almoço
Carboidrato (arroz integral, macarrão integral, batata, mandioca)
Leguminosa (feijão, lentilha, grão-de-bico)
Proteína – preferencialmente assada ou cozida (carne vermelha magra, frango, peixe, ovo)
Folha (couve, espinafre, alface, repolho, acelga)
Legume (abóbora, vagem, tomate, abobrinha)
Lanche da Tarde
Leite desnatado ou derivado desnatado (queijo, iogurte, requeijão)
Fruta
Carboidrato Integral (pão, biscoito, tapioca, bolo, torrada)
Jantar
Carboidrato (arroz integral, macarrão integral, batata, mandioquinha)
Leguminosa (feijão, lentilha, grão-de-bico)
Proteína – preferencialmente assada ou cozida (carne vermelha magra, frango, peixe, ovo)
Folha (couve, escarola, alface, rúcula, agrião)
Legume (berinjela, beterraba, tomate, brócolis)
Ceia
Leite desnatado ou derivado desnatado (queijo, iogurte)


As proteínas são importantes no ganho de massa muscular, pois contém aminoácidos que são utilizados na produção de tecido muscular, além de serem essenciais na produção do colágeno, cartilagens e de participarem na contração muscular.
v No caso de uma pessoa que treina todos os dias, 2 horas por dia, os alimentos a serem consumidos ao longo do dia seriam os mesmo, com alterações de quantidades e distribuição ao longo do dia, será necessário um lanche durante a atividade física, além de atentar-se para o consumo adequado de proteínas.
Como no caso dos suplementos proteicos – Whey, BCAA, Glutamina – que podem ser substituídos por carne, ovo, leite, frango, peixe, os termogênicos também podem, seus substitutos naturais são o chá verde, o gengibre, a pimenta. Todo alimento deve ser consumido em quantidades adequadas, e os termogênicos não devem ser consumidos no período noturno.

Com um plano alimentar desenvolvido por um nutricionista, a pessoa poderá alcançar seus objetivos, porém é importante que o acompanhamento seja contínuo, visto que as estratégias podem ser modificadas e assim aperfeiçoar os resultados, caso o nutricionista e o indivíduo percebam que seja necessário.

Com uma alimentação baseada em produtos alimentícios podemos chegar a ótimos resultados, tanto em perda de peso como com ganho de massa muscular, além de sabermos o que estamos consumindo, sem sobrecarregar nosso organismo, uma vez que o plano alimentar deve ser adequado e formulado especificamente para cada pessoa.